Conselho de amiga. Sobre faculdade e realização profissional.

Eu sei que se conselho fosse bom seria vendido e não dado. Mas me sinto na obrigação de dar um conselho para todo(a)s que estão nessa fase de cursar graduação. Acho que estou fazendo isso porque sinceramente eu precisei, mas não tive quem me dissesse (ou talvez os que tentaram foram categoricamente ignorados, vai saber…). Então aí vai:

Em primeiro lugar: Aproveite seus professores! Sabe aquela aula super conceitual/filosófica, e que você acha uma chatice? Pois é…ela é muito importante! Provavelmente esse seu professor tem MUITO conhecimento e você como aluno vai perder horrores se recusando a absorver isso, na pior das hipóteses, pense que está perdendo dinheiro se não aproveitar.

giphy.gif

Em segundo lugar: Trate de se conhecer. A gente entra na faculdade bem imaturo, pelo menos esse foi meu caso, e o fato de não ter tanto autoconhecimento acabou atrasando minha vida alguns anos. Saber se você tem um perfil empreendedor, corporativo ou acadêmico vai te ajudar e muito a encontrar a área certa onde atuar, de quebra te poupa de algumas frustrações.

giphy (1).gif

Em terceiro (e último) lugar: Seja humilde. Não importa quanto você já tenha estudado, lido, corrido atrás, enfim… Mesmo as pessoas com pós-doc ainda tem muito a aprender. A faculdade é um ambiente super bacana pra aproveitar e adquirir novos conhecimentos. Participar de projetos, pesquisas, trabalhos voluntários, palestras gratuitas, etc ajuda absorver conhecimento e te faz ir mais longe (no mínimo você vai descobrir o que não quer fazer da vida) #ficadica.

giphy (2).gif

Isso aí, pessoal 😉

Um abraço!

 

Sobre o consumo (quase) consciente e como começar

Uma das coisas que mais me chamou atenção ao ler as reflexões do filósofo Lipovetsky, foi o fato do autor afirmar que não consumimos mais por necessidade de prestígio social, mas pela nossa própria auto-satisfação. Isso mesmo. Não estamos mais tão preocupados (ao que me parece) em nos diferenciarmos socialmente dos outros tendo roupas de grifes e sapatos caros, estamos comprando pelo simples fato de que isso nos dá felicidade (momentânea é importante enfatizar).

Confesso que nunca tinha parado para analisar com cuidado esse tipo de comportamento, mas o fato é que, observando atentamente, até mesmo os movimentos de slow fashion e moda consciente, dão ao consumidor esse sentimento de auto-realização.

Refletindo sobre o assunto, acabei formando uma hipótese: penso que talvez, até mesmo aquela pessoa que é super adepta ao movimento de consumo consciente, e entrou na onda dos brechós, tem a necessidade de consumir para se auto-satisfazer. Claro que isso é feito com mais atenção, mas apenas o fato de estar comprando roupas de segunda mão, já dá ao consumidor um sentimento de: “ei, é ok você comprar mais do que precisa aqui, afinal de contas, é um brechó”.

Fomos nascidos e criados pensando que comprar é um ato de “felicidade” e isso está tão intrínseco a nossa mentalidade que sinceramente, acho que não vamos nos desvencilhar disso; pelo menos não nessa geração. Porém, na minha humilde opinião, já avançamos e muito. Aliás, creio que voltar a mentalidade medieval de consumo seria um grande erro para humanidade. Porém, é inegável a necessidade de uma atenção maior no momento de consumir, afinal de contas, tudo que compramos gera um impacto tanto ambiental quanto social, e a única maneira de revertermos essa situação é mudando a maneira de pensarmos o “consumo de moda”.

Ok, mas qual seria o primeiro passo para mudar o comportamento de consumo com relação a moda? Bom, para quem quer começar a praticar o consumo de moda consciente, meu primeiro conselho é: compre peças-chave de boa qualidade. Itens básicos duram anos no armário, são atemporais e são a base para um bom guarda-roupas. Com esses itens você cria um armário super estiloso, versátil e com inúmeras possibilidades de combinação. Confira as dicas:

1- Calça jeans de lavagem básica e corte simples.

Se for de cintura alta, melhor ainda pois alonga a silhueta.

0bc870049018b436ee64c2c0edba9a57

2- Blazer preto.

Temporada vai, temporada vem e ele segue firme e forte. Para dar um ar bem ‘fashionista’ é só dar uma arregaçada nas mangas.

c303a6bcf515903e891b4062abe037de.jpg

3- Casaco de couro preto ou caramelo. 

Porque deixa qualquer look muito mais estiloso apenas…

7c5df22fedfe93de2df05a240270573f.jpg

4- Um óculos de sol (que combine com tudo).

4bd22ab83ce0009466801daf08dc447c.jpg

5- Casaco jeans. 

Vai super bem com saia, calça pantalona, skinny… E não sai de moda nunca 😉

4d817ce3f84552b3d765c84117a1d05f.jpg

6- Camisa branca.

A rainha da produção básica. Muita gente pensa que dá um ar muito ‘sério’, porém se mesclada com uma boa calça jeans não tem erro!

224b890f13f56f56fdc9d5491f5e08a9.jpg

7- Uncle bottie

Já que estamos entrando no inverno, achei essa dica super válida. Unkle botties são peças base e que nunca caem de moda. Além de tudo combinam com quase todas as produções pensáveis 😉 #ficadica.

f194bc99e6a4cc41765e7fd53cdd4ad0.jpg

Vestido de noiva retrô: 15 modelos para se inspirar.

Hoje resolvi fazer um post especial para as noivinhas ❤ (ai eu amo esse universo dos casórios gente!)

Já passei pela fase de ter que decidir o tão sonhado vestido de noiva e sei exatamente o quanto é difícil escolher apenas UM modelito no meio de tantas lindezas. Aliás, acho que hoje em dia o que dificulta REALMENTE, não é a falta de opções; mas sim o excesso delas rsrsrs. O lado bom disso tudo é que a moda está cada vez mais democrática e isso favorece todos os gostos, ou seja, não tem mais aquela preocupação de “tal coisa não pode porque não é mais moda”.

Enfim, gostos e amores a parte, percebi nas minhas buscas pelo “vestido ideal :P”, que no meio de tantas tendências, várias noivinhas têm optado por um vestido com aquela pegada bem vintage, e até as mangas longas, que tinham ficado fora de uso por tantos anos, acabaram voltados de vez para os casórios.

Então, como sei que tem algumas noivinhas que acompanham o blog, decidi trazer aqui 15 modelos de vestidos com inspiração vintage para encher os olhos de quem está procurando por inspirações bem românticas.

01.jpg

02.jpg

03.jpg

04.jpg

05.jpg

06.jpg

07.jpg

10679c49df19dc26bf577bfb548c688d.jpg

Aiai, com tanto modelo maravilhoso a gente até tem vontade de renovar os votos rsrsrs ❤

E vocês, curtem o estilo vintage/retrô??

 

 

 

Com que roupa eu vou? Madrinhas de Casamento

Tá na moda essa história das noivas estipularem uma cor para o vestido das madrinhas no casório, mas vejo que a maioria das brasileiras ainda é bem flexível com o modelo que as amigas vão usar no dia, até porque toda mulher tem um corpo diferente, o que é claro, exige modelagens diferentes também.

Sei que rola a maior dúvida na hora de escolher um vestido de madrinha, já que depois da noiva, as pessoas vão olhar pra quem??? Pras bonitonas ao lado na noiva ÓBVIO 😀 Então se você está nessa dúvida cruel, separei aqui algumas inspirações bem bacanas pra ajudar a definir qual a melhor opção para você arrasar no casório dazamigas.

MODELAGEM SEREIA

mermaid.jpg

Acho que essa é uma das modelagens mais sexys ever para as madrinhas, e ao mesmo tempo é garantia de muita elegância. Aliás, a última vez que fui madrinha usei um vestido sereia de ombros caídos bem semelhante a foto do meio. O único malefício que encontrei nesse tipo de vestido foi o fato dele marcar até a alma da gente, então sempre corre o risco de “revelar” umas gordurinhas (mas eu usei mesmo assim, porque o importante é ser feliz né?).

COM FENDA

Se você for a sensualidade em pessoa (e a noiva não se opor é claro) essa com certeza é a melhor opção. Eu acho vestido com fenda lindo de viver, maaaas tem que ter aquele cuidado para não exagerar no corte e acabar mostrando perna demais no altar, afinal de contas é um casamento…

fenda.jpg

VESTIDO DE DUAS PEÇAS

Siimmm, estamos falando dos Top Croppeds, que aliás super funcionam em vestidos de festa. Só vamos combinar que nesse caso a faixa da barriga que fica aparecendo tem que ser mínima e SEMPRE acima do umbigo einh. Esse tipo de modelagem é ideal para casamentos diurnos, se forem na praia então, caem como uma luva.

topcrop.jpg

ESPECIAL PARA PLUS SIZES

Se você é uma diva do plus, a minha sugestão é optar por vestidos com uma boa marcação na linha da cintura. Eles ficam super chiques e alongam demais a silhueta, dando aquela sensação de “emagrecimento”. Vestido com colo a mostra e cintura marcada são uma aposta certeira para arrasar no modelitxo.

plus.jpg

COMPRIMENTO MIDI OU MINI

No meu casório eu optei por deixar as madrinhas usarem vestidos midi e mini, já que foi um casamento diurno achei super de acordo e elas ficaram LINDAS. Particulamente eu amo vestidos midi, e acho que ficam um arraso nos casamentos menos formais (como foi o meu).

MIDI.jpg

Só pra finalizar o post vou colocar aqui uma foto das minhas madrinhas LINDAS, porque deu saudades ❤ ❤ ❤

R&F_0613.jpg

 

 

 

Combinação inusitada: Vermelho + Rosa

Por muuuitos anos eu tive o maior preconceito de usar vermelho e rosa no mesmo look. Aliás, meu pânico da combinação era tão grande que se eu estivesse com unhas pintadas de rosa, não passava batom vermelho #paranoias.

Mas enfim o tempo foi passando e eu fui entendendo que regras foram feitas justamente para serem QUEBRADAS, e hoje em dia essa combinação é uma das que eu mais amo!

vermelhorosa.jpg

vermelhorosa2.jpg

Uma coisa que percebi é que vermelho + rosa em um look além de super criativo, também fica muito classudo, e de uns tempos pra cá vejo até mesmo cabelos coloridos com ambas as cores. Ok, ok, eu não pintaria meu cabelo assim, mas ó só porque não curto descolorir os fios viu 😁😁😁

Sem Título-1.jpg

Para finalizar, uma dica de ouro: Esse tipo de “casamento de cores” fica sempre melhor com tecidos mais encorpados e nobres, senão fica meio esquisito, parecendo erro de combinação 😛

E aí curte?

Chegou coleção 2017 na TOP!

Publipost Alert

Se você curte fugir das fast fashions e prefere procurar por artigos  diferenciados, a loja TOP MARCAS em Novo Hamburgo é uma ótima opção.

Fiquei sabendo que essa semana eles recebem coleção nova e como a loja é super versátil e possui peças de muito bom gosto decidi que seria uma boa indicação aqui para o blog. Aliás, detalhe: eu amo comprar calça jeans lá porque a modelagem delas é ma-ra-vi-lho-sa. #ficadica

post-top

E vocês, conhecem a loja? Curtem também? Contem aí nos comments que quero saber.